• Argentina
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Equador
  • El Salvador
  • Guatemala
  • Honduras
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Uruguai
  • Venezuela
Argentina
Greve de três dias deixa Buenos Aires tomada por 20 mil toneladas de lixo

As ruas da capital argentina e sua povoada periferia acumularam 20 mil toneladas de lixo em função de uma greve trabalhista que terminou nesta terça-feira, prejudicando 14 milhões de habitantes, informaram autoridades e sindicatos que chegaram, depois, a um acordo.

A paralisação dos trabalhadores da estatal Coordenação Ecológica da Área Metropolitana teve início no domingo para pedir que fossem realizadas as obras prometidas para a construção de novos centros de processamento de resíduos.

O chamado cinturão ecológico, localizado a 40 km a noroeste de Buenos Aires, processa cerca de dois milhões de toneladas de resíduos anuais.

"Serão aplicadas novas tecnologias (...) e será feito um polo ambiental", anunciou em uma entrevista coletiva o deputado peronista [pró-governo] Jorge Manzini, líder do sindicato que organizou a greve.

As autoridades da capital argentina, com três milhões de habitantes, chegaram a analisar a possibilidade de declarar estado de emergência sanitária, caso o protesto continuasse.

Fabio López, líder do sindicato do setor, denunciou "esvaziamento da empresa", o que motivou o protesto no cinturão ecológico, onde são colocados os resíduos da área metropolitana.

Somente na capital argentina são gerados quase 5.000 toneladas diárias de lixo.

Lorena Pujó, do Greenpeace, acusou o governo de direita da capital de "não cumprir com a lei do lixo zero", que estabelece para 2012 reduzir 30% dos resíduos que o distrito leva para os aterros sanitários, em relação a 2004, até chegar a zero, em 2020.

Fonte: Folha de SP - Acesso em 20/10/2010

 
últimas notícias da categoria:
 
Mais notícias desta categoria:
 
Veja todas as notícias:
 
Envie esta notícia

 Voltar
  • banner_america_latina

© Copyright 2007 / 2007 - Todos os Direitos Reservados