• Argentina
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Equador
  • El Salvador
  • Guatemala
  • Honduras
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Uruguai
  • Venezuela
Financeiro
BID pretende dobrar crédito para empresas na AL e Caribe

Montante deve superar US$ 3 bilhões até 2015

ÁLVARO FAGUNDES
DE NOVA YORK

O BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) anunciou ontem que pretende dobrar até 2015 o financiamento concedido para empresas da América Latina e do Caribe.
A expectativa é que nesse prazo o montante supere US$ 3 bilhões, ante o US$ 1,4 bilhão concedido ao setor privado no ano passado.
Segundo Steven Puig, vice-presidente do BID para o setor privado, a decisão de dobrar os empréstimos se deve à importância desse segmento para a economia da região.
"Se você olhar para o emprego, mais de 90% das vagas na América Latina e no Caribe são geradas pelo setor privado. E, se você nos comparar com outras regiões do mundo, como a Ásia, em termos de competitividade, há muitas oportunidades para aumentar a produtividade na nossa região."

BRASIL
Puig afirmou que é ainda muito cedo para estimar o montante que virá para o Brasil, já que isso depende dos projetos que serão apresentados.
Porém ressaltou que no atual portfólio do BID o país tem a maior concentração de projetos.
Segundo o dirigente, a instituição multilateral pretende apoiar áreas no país como crédito para pequenas empresas, treinamento de funcionários para aumento de produtividade, energia renovável e eficiência energética.
"Precisamos ser seletivos em escolher investimentos grandes e importantes que terão impacto no Brasil e complementar com coisas que são novas ou diferentes e que os bancos comerciais não necessariamente financiam, como projetos relacionados a mudanças climáticas", disse.
Além disso, o banco pretende entrar no financiamento de projetos de infraestrutura, especialmente ligados à Copa do Mundo e à Olimpíada, como hotéis, aeroportos e estradas.
"O Brasil tem um potencial fantástico de turismo. Vocês recebem cerca de 5 milhões de visitantes ao ano, e o potencial é muito maior que isso", afirmou Puig, comparando o Brasil com o seu país, a República Dominicana, que, segundo ele, atrai 4 milhões de turistas.


Folha de S.Paulo, 27/03/2011

 
últimas notícias da categoria:
 
Mais notícias desta categoria:
 
Veja todas as notícias:
 
Envie esta notícia

 Voltar
  • banner_america_latina

© Copyright 2007 / 2007 - Todos os Direitos Reservados