• Argentina
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Equador
  • El Salvador
  • Guatemala
  • Honduras
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Uruguai
  • Venezuela
Financeiro
Itaú BBA vai começar a atuar na Colômbia

O Itaú BBA, braço de atacado do Itaú Unibanco, informou ontem que obteve autorização do Banco Central brasileiro para estruturar uma filial na Colômbia. O Itaú BBA terá capital inicial equivalente a R$ 320 milhões para operar no país vizinho, mas ainda aguarda aval de órgãos reguladores locais para iniciar as atividades. O banco já tem operações na Argentina, no Chile e um escritório de representação no Peru.

Segundo a instituição financeira, a soma de maior estabilidade política e econômica e a expectativa de forte expansão do Produto Interno Bruto (PIB) nos próximos anos dita um cenário favorável para entrada na Colômbia.

"O país se encontra em um cenário parecido com o brasileiro, com fortalecimento da classe média, aumento do consumo interno e grandes aportes em infraestrutura", disse o vice-presidente do Itaú BBA, Alberto Fernandes, em nota.

Atualmente, o Itaú BBA tem uma carteira de clientes composta por 3,1 mil grandes empresas latino-americanas e aproximadamente 700 investidores institucionais.

Expansão. A notícia acompanha uma série de iniciativas de expansão de bancos brasileiros para as Américas, embora com valores relativamente pequenos.

Em setembro, o próprio Itaú Unibanco acertou a compra da unidade de banco de varejo do HSBC no Chile, numa operação avaliada em US$ 20 milhões.

Um mês antes, o mesmo Itaú Unibanco havia anunciado uma parceria com a chilena Munita, Cruzat & Claro (MCC) na área de gestão de fortunas.

O BTG Pactual abriu negociações exclusivas para se fundir com a chilena Celfin Capital, em meio aos planos do banco comandado por André Esteves de se tornar o maior banco de investimentos do mundo entre países emergentes.

O Banco do Brasil, após ter comprado o argentino Banco Patagonia e o Eurobank, nos Estados Unidos, está transformando seu escritório de representação no Uruguai em banco comercial e já avisou que seu próximo alvo na América Latina é a Colômbia.

O Estado de S.Paulo, 11/11/11. 


 Latinos vão liderar rentabilidade

 Peru, Chile e Colômbia formarão a 2ª maior Bolsa da AL

 Itaú fecha acordo e vira líder em gestão de fortuna no Chile

 BID pretende dobrar crédito para empresas na AL e Caribe

 Procura de empresas por crédito bate recorde em março, aponta Serasa

 Advent capta US$ 1,65 bi para América Latina

 Brasil terá fundo de Bolsa estrangeira

 BID chega a consenso para aumentar capital e perdoar dívida do Haiti

 BC da Argentina

 Voltar
  • banner_america_latina

© Copyright 2007 / 2007 - Todos os Direitos Reservados