• Argentina
  • Bolívia
  • Brasil
  • Chile
  • Colômbia
  • Costa Rica
  • Cuba
  • Equador
  • El Salvador
  • Guatemala
  • Honduras
  • México
  • Nicarágua
  • Panamá
  • Paraguai
  • Peru
  • República Dominicana
  • Uruguai
  • Venezuela
noticias
Messi supera parceiros, É eleito o melhor do mundo pela 2ª vez

Pela primeira vez na história do prêmio de melhor do mundo da Fifa, um atual campeão mundial não vence o título em ano de Copa. E o autor da façanha foi o argentino Lionel Messi. Com jogadas brilhantes e muitos gols, o atacante ganhou o troféu pela segunda vez seguida com 22,6% dos votos e desbancou Iniesta (17,3%) e Xavi (16,4%), companheiros de Barcelona e campeões mundiais pela Espanha na África do Sul.

Messi não escondeu a surpresa quando viu seu nome ser anunciado. Levantou da primeira fila ainda assustado e colocou a língua para fora quando começou a entender a situação. "Não esperava vencer hoje. É um dia muito especial para mim", comemorou o argentino.

"Quero agradecer a todos meus companheiros, pois obviamente sem eles não estaria aqui, e também quero dividir isso com meus familiares e com todos os torcedores do Barcelona", acrescentou o craque.

O prêmio da Fifa em ano de Copa sempre foi para um representante da seleção que levou a melhor no torneio. Romário (1994), Zidane (1998), Ronaldo (2002) e Cannavaro (2006) faturaram o troféu nas últimas edições meses depois de suas seleções atingirem o primeiro lugar.

Mas dois fatores contaram para a quebra da escrita. O primeiro foi o próprio estilo de jogo da Espanha. A equipe de Vicente del Bosque conquistou sua primeira Copa graças a um espírito coletivo muito forte, de muitas trocas de passes e um jogo envolvente. No entanto, não houve um destaque individual.

Outra razão foi a junção dos prêmios da Fifa e da Bola de Ouro, da France Football, que culminou na Bola de Ouro Fifa 2011. Messi é seu primeiro vencedor. A publicação elege o melhor jogador que atua na Europa desde 1956. A entidade, por sua vez, criou em 1991 o título de melhor do mundo.

Historicamente, o prêmio da France Football sempre teve um caráter mais técnico, já que era decidido por jornalistas. Já o troféu da Fifa dera em suas edições anteriores um peso maior à Copa do Mundo.

Em 2009, último antes da unificação, Messi faturou tanto o prêmio da Fifa como o da France Football. E, na última temporada, contou com atuações pelo Barcelona dignas de um craque de primeiro nível para comemorar mais uma vez a honraria individual.

Nem mesmo sua aparição apenas regular na Copa do Mundo foi capaz de estragar sua festa. Ele fez, no máximo, bons jogos na África do Sul. Mais que isso, a Argentina caiu nas quartas de final ao ser goleada pela Alemanha. Messi, porém, ficou acima de todo esse cenário.

 
últimas notícias da categoria:
© Copyright 2007 / 2007 - Todos os Direitos Reservados